22 a 25 de Junho | DaMinhaVida | Jardinhada | DanieleCanella | Desobedecer | CompªDasIlhas

Nas quintas de Junho, Ana Ferreira apresenta... 
"Os filmes da minha vida"
 Quinta 22 de Junho, 21:30h 

Welcome 
Philippe Lioret / 2009 / 1h 50m

Bilal tem 17 anos, um menino curdo do Iraque. Começa uma viagem cheia de aventura pela Europa. Quer chegar à Inglaterra para ver o seu amor que lá vive. Bilal finalmente chega a Calais, mas como se cobre 32 quilômetros do Canal da Mancha quando não se sabe nadar? O menino logo descobre que a sua viagem não será tão fácil quanto ele imaginou ....

 Sexta 23 de Junho, 20:00h  
 Jardinhada S. João Vadio 2017 
Ementa:
Sardinhas & Pimentos assados
+ Broa + Salada Fresca +
Caldo Verde com ou sem Chouriço
+ carvão e boa disposição...
.... ... ... ... ... ... por apenas... 5vadios,
com direito ainda a uma bebida
(cerveja mini ou copo de vinho ou refresc
o).

Inscrições abertas através do e-mail sacodegatosvadios@gmail.com
até 20h do dia 22 salvo lotação esgotada
ATT ===> SÓ 3 (três) lugares ainda disponíveis...

 Sábado 24 de Junho, 21:30h 
concerto de Daniele Canella: 
PARTE DE VIAGEM: MOCHILA, VIOLA E VOZ
Daniele Cannella é cantautor e intérprete italiano. Apresenta “Parte di viaggio: zaino chitarra e voce” , o seu  projecto a solo em que recolhe as suas próprias composições junto a uma pesquisa sobre as músicas de autor e tradicionais, desde Itália até à América Latina. Juntamo-nos num espaço íntimísta, cada um levando a sua própria mochila invisível e caminhamos sobre um  tapete sonoro essencial  feito apenas de uma voz e uma viola..

 Domingo 25 de Junho, 18:00h 

Apresentação do novo livro da Deriva Editores
Desobedecer às Indústrias Culturais
com a presença da autora Regina Guimarães

A montra da nossa Livraria

 recheada de novidades da
Companhia das Ilhas

 e em cima... Atelier de Composição,
Flauta de Luz, Cão Celeste, Intervalo
...

15 a 18 de Junho | DaMinhaVida | RAPublicar | VirgílioMelo | Slutwalk | CompªDasIlhas

Nas quintas de Junho, Ana Ferreira apresenta... 
"Os filmes da minha vida"
 Quinta 15 de Junho, 21:30h 

ALMOÇO EM AGOSTO 
Gianni Di Gregorio / 2008 / 1h 15m
Giovanni é um homem de meia idade, que mora com sua mãe viúva e enfrentam problemas financeiros. Sabendo de sua complicada situação, Luigi, o proprietário do apartamento em que eles vivem, faz uma proposta: que Giovanni abrigue a mãe dele e sua tia Maria durante o feriado de 15 de agosto, em troca de um abatimento nos aluguéis atrasados....

 Sexta 16 de Junho, 21:30h 

Lançamento de RAPublicar de Soraia Simões*
A micro-história que fez história numa Lisboa adiada: 1986 - 1996
(Soraia Simões, chancela: Editora Caleidoscópio).
Apresentação do livro no Porto com a autora*,
Ace (Mind da Gap), Jorge Ferreira (Editora Caleidoscópio).

 Sábado 17 de Junho, 17:00h 

Aspectos do Romantismo
na vigésima sessão das Audições Comentadas
pelo compositor, professor e musicógrafo Virgílio Melo...
 Domingo 18 de Junho, 18:00h 

Assembleia Slutwalk

A montra da nossa Livraria

 recheada de novidades da
Companhia das Ilhas

 e em cima... Atelier de Composição,
Flauta de Luz, Cão Celeste, Intervalo
...

08 a 11 de Junho > DaMinhaVida | Livros&Discos | &etc

Aberto de Quinta a Domingo
Open from Thursday to Sunday

17h - 24h 
Bookshop - Coffee Bar
for tramps   pour amoureux
fur auslander   para aburridos
per revoltati   at forstyrre
para gente de todos os lugares
 sempre com entrada livre 

Nas quintas de Junho, Ana Ferreira apresenta... 
"Os filmes da minha vida"
 Quinta 08 de Junho, 21:30h 

PINA
Wim Wenders / 2012 / 2h 7m
Um tributo à desaparecida coreógrafa, Pina Bausch:
como os seus bailarinos executam a sua mais famosa criação...
 Sexta 09 de Junho
 Sábado 10 de Junho
 Domingo 11 de Junho 


Livros & Discos
Bolachas & Licores
Cerveja ou Vinho a copo
ou uma longa e intensa conversa

 

A montra da nossa Livraria

 recheada de preciosidades &etc
 e em cima... Atelier de Composição,
Flauta de Luz, Cão Celeste, Intervalo
...

 Para breve ...  

Coming soon ... 

Quintas de Junho, 21:30h, 
Ana Ferreira apresenta... "Os filmes da minha vida":

01 de Junho - AMOUR / Michael Haneke / 2012 / 2h 7m

08 de Junho - PINA / Wim Wenders / 2011 / 1h 43m


15 de Junho - ALMOÇO EM AGOSTO / Gianni Di Gregorio / 2008 / 1h 15m
Giovanni é um homem de meia idade, que mora com sua mãe viúva e enfrentam problemas financeiros. Sabendo de sua complicada situação, Luigi, o proprietário do apartamento em que eles vivem, faz uma proposta: que Giovanni abrigue a mãe dele e sua tia Maria durante o feriado de 15 de agosto, em troca de um abatimento nos aluguéis atrasados....

22 de Junho - a anunciar...
29 de Junho - a anunciar...

Sexta 16 de Junho, 21:30h 

Lançamento RAPublicar de Soraia Simões*
RAPublicar. A micro-história que fez história numa Lisboa adiada: 1986 - 1996
(Soraia Simões, chancela: Editora Caleidoscópio).
Apresentação do livro no Porto com a autora*,
Ace (Mind da Gap), Jorge Ferreira (Editora Caleidoscópio).

Sábado 17 de Junho, 17:00h 

Audições Comentadas por Virgílio Melo
aspectos do romantismo

Sexta 23 de Junho, 20:00h 
 jardinhada de S. João 

Sábado 24 de Junho, 
hora a combinar
concerto de cantor italiano 

Domingo 25 de Junho, 18:00h 

Apresentação do novo livro da Deriva Editores
Desobedecer às Indústrias Culturais

31 de Maio a 04 de Junho > Photobook | DaMinhaVida |ArmandoSantiago| Barricada| GabiBuarque

 Quarta 31 de Maio, 21:30h 

Encontro do Photobook Club do Porto
Adriano Miranda - Fotojornalista do jornal Público -
virá para apresentar o seu livro 
CARVÃO DE AÇO.
Nas quintas de Junho, Ana Ferreira apresenta... 
"Os filmes da minha vida"
 Quinta 01 de Junho, 21:30h 

AMOUR
Michael Haneke / 2012 / 2h 7m
Georges e Anne são um casal octogenário, professores de música aposentados e cultos. A sua única filha mora na Grã-Bretanha com sua família.
Um dia, Anne tem um derrame e o vínculo de amor do casal é severamente testado.

 Sábado 3 de Junho, 17:00h  
"Quem são, como pensam a música, em que se inspiram para escrever?". 
O ATELIER DE COMPOSIÇÃO leva a cabo no Gato Vadio, um ciclo de conversas que se pretende divulgador do trabalho criativo dos nossos autores contemporâneos.

ARMANDO SANTIAGO 
(n. 1932), é o compositor que se mostra na 13.ª sessão das
Conversas com Compositores Portugueses Contemporâneos
Virgílio Melo, compositor que foi já presente em anterior sessão,
estará à conversa com Armando Santiago sobre o seu processo criativo.

ARMANDO SANTIAGO (n. 1932), compositor nado e criado no nosso País, colega de estudos de Filipe Pires, Clotilde Rosa e de Jorge Peixinho  emigrou, ainda nos anos 60, para o Canadá, onde vive e granjeia de alargada reputação.
Com uma obra que percorre os géneros solísticos, de câmara, orquestral, vocal e com incursões na vertente electroacústica, saliente-se, ainda nos anos 60, a banda sonora que escreveu para o emblemático "Dom Roberto", de Ernesto de Sousa.

 Sábado 3 de Junho, 21:30h  

PREFERI ROUBAR QUE SER ROUBADO!
 
textos sobre roubo revolucionário

Mário Rui Pinto
apresenta o primeiro livro da nova chancela:
Barricada de Livros

 Domingo 04 de Junho, 18:00h 

  Concerto de
Gabi Buarque
cantora e compositora carioca
inserido na sua 
Eurotour 2017
aqui com participação especial de Iury Matias

25 a 28 de Maio > CineSuspens | MiguelManso | VirgílioMelo | GonçAlvesCunha

Nas quintas de Maio relembramos
o
 mestre do suspense, 
Alfred Hitchkock.
 Quinta 25 de Maio, 21:30h 

O Terceiro Tiro
(The Trouble with Harry) / 1955 / 1h39m
O problema com Harry é que ele está morto, e todos parecem ter uma ideia diferente do que precisa ser feito com seu corpo ...

 Sexta 26 de Maio, 21:30h 

Prossegue o segundo ciclo de  
 hoje sem musa  

sessões sobre Poesia com Inês Cardoso,
este mês com Sofia Mota Freitas à volta da poesia de Miguel-Manso

 Sábado 27 de Maio, 17:00h 

Audições Comentadas por Virgílio Melo:
 a subtil arte da orquestração 

 Sábado 27 de Maio, 21:30h 

Apresentação
O Homem que preferiu não sentir
o primeiro romance do jovem autor Gonçalo Alves da Cunha

SINOPSE
O Homem que preferiu não sentir retrata o percurso existencial do jovem pintor Sebastião que, numa autoanálise constante, evoca as memórias do menino feito homem, dotado de um excesso de sensibilidade materializada em todas as particularidades da sua essência.
Inserido na categoria de romance existencial, O Homem que preferiu não sentir conduz-nos numa viagem ao interior de nós mesmos, onde não faltam o confronto com a inevitabilidade da morte, as reflexões sobre famílias que se desestruturam e reestruturam ou as dúvidas que questionam os dogmas religiosos. A arte e a sua finalidade, a reescrita irónica de páginas da História e sobretudo as vivências de uma geração qualificada, mas desajustada à mediocridade da sociedade que os sistemas políticos teimam em perpetuar, brotam em páginas vivas de verdadeira prosa poética. É a afirmação da individualidade contra a subserviência de quem segue estandartes com sebastianismos imorredouros e por isso nos exige uma redescoberta de nós mesmos.